Diabetes – Um assassino silencioso

Este artigo é útil, mesmo se você não sofre de diabetes, porque você pode conhecer alguém que o tenha, ou você pode obtê-lo no futuro (estatisticamente).

Parece loucura?

Leia sobre… e talvez você aprenderá algo completamente novo sobre diabetes.

Diabetes é um termo genérico, usado quando o açúcar no sangue de uma pessoa está acima dos níveis normais.

De acordo com a Federação Internacional da Diabetes http://www.diabetes.org.br, para a maior parte das pessoas que têm diabetes, os valores de glicemia normais são os seguintes:

  • Em jejum (glicemia plasmática em jejum): menos de 110 mg/dL
  • Após as refeições (glicemia plasmática pós-prandial): menos de 145 mg/dL

Os valores não deve ser inferiores a 80 mg/dL em nenhuma altura do dia. Quando os valores estão abaixo de 70 mg/dL, falamos de hipoglicemia ou “baixa de açúcar”, uma situação perigosa que também temos que evitar.

Este aumento de açúcar no sangue é causado pelo pâncreas que não fornece insulina suficiente ou devido as células não responderem à insulina produzida.

Aproximadamente 12 milhões de pessoas no Brasil tem diabetes, segundo a Sociedade Brasileira da Diabetes. E de acordo com a OMS http://www.paho.org/bra calcula-se que 422 milhões de adultos sofriam de diabetes em 2014, contra 108 milhões em 1980.

Estes números não incluem as muitas pessoas que são frequentemente não diagnosticadas. Se essas pessoas não diagnosticadas número fosse incluindo esse valor aumentaria e muito.

Assassino silencioso

Não há muitos sintomas para se perceber que a diabetes está chegando e as pessoas muitas vezes dizem “peguei” a diabetes, embora tendo muitos check ups geral. Essa é a uma doença que se manifesta em silêncio. Ele se arrasta em silêncio e você não pode vê-lo chegando.

O sintoma físico mais comum na verdade é estar com muita sede. Outros sintomas incluem perda de peso e perda de massa muscular, fome, cansaço, dificuldade em enxergar e urinar frequentemente à noite. Os sintomas são tão sutis que são fáceis de esquecer e ainda mais fácil de ignorar.

A maneira mais fácil de verificar se você está em risco é procurando seu médico e solicitando um exame. Você também pode fazê-lo em casa, mas você vai precisar de um medidor de glicose ou um kit de autoteste.

Existem três tipos principais de diabetes, tipo 1, tipo 2 e o terceiro é chamado de diabetes gestacional (durante a gravidez). Porém, nesse artigo vamos tratar da Diabetes tipo 2, que é o tipo que mais afeta os seres humanos.

Diabetes tipo 2

Diabetes tipo 2 é a forma mais comum e cerca de 90% dos portadores de diabetes no Brasil têm diabetes tipo 2. As pessoas obesas sofrem frequentemente de diabetes do tipo 2.

Infelizmente, a maioria dos adultos não estão cientes dos devastadores efeitos a longo prazo da diabetes tipo 2. Desde que tornou-se uma doença controlável em tempos modernos, esta forma de diabetes é muitas vezes ignorada. E enquanto a maioria dos diabéticos estão conscientes de sua condição, muitos optam por ignorá-lo.

A diabetes tipo 2 não é uma condição com uma progressão rápida. Pelo contrário, desenvolve-se gradualmente e se não for controlada, ela provavelmente irá exacerbar. A longo prazo, as complicações desta forma de diabetes podem tomar forma. Algumas destas complicações de saúde são debilitantes, enquanto outros são potencialmente letais.

Combatendo a Diabetes

Para vencer o diabetes, você deve reduzir as quantidades excessivas de glicose e insulina em sua corrente sanguínea.

Para fazer isso, você precisa de uma dieta que é:

  •  baixo teor de açúcar;
  • baixo teor de gordura;
  •  baixa teor de sal;
  • alto teor de fibra;
  • digerido lentamente.

Sua dieta também deve excluir todos os produtos lácteos e ovos.

A maneira mais fácil de conceber tal dieta é se concentrar em alimentos naturais, não processados que são principalmente as plantas. Você também precisa de beber muita água, para ajudar a absorção das fibras que você come.

Você também deve ter uma gama de suplementos para cobrir quaisquer possíveis deficiências dietéticas que podem ocorrer, evitando produtos lácteos.

E é fácil de colocar em prática. Tudo o que você precisa fazer é aprender a ler os rótulos dos alimentos para que você pode comprar os produtos alimentares mais adequados.

Porque se você tem diabetes, é provável que esteja muito acima do peso, senão obeso. Uma vez que você tem seguido uma dieta direcionada para diabéticos, assim por três ou quatro semanas, você vai notar seu peso começa a cair rapidamente.

Exercício

Se tenho a glicose sob controle, sigo o tipo de dieta descrita acima, sem fazer qualquer exercício extra. Então, não preciso praticar exercícios físicos para vencer a diabetes.

Em um estudo recente, as pessoas com diabetes tipo 2 que caminhavam por 15 minutos por dia, sete dias por semana e mantinham uma dieta de baixa caloria. Dentro de um ano, dez por cento foram capazes de abandonar seus medicamentos de diabetes ou tinham melhorado ao ponto onde as leituras de glicose poderiam ser classificadas como pré-diabética, ao invés de diabético.

Estes resultados médios foram muito melhores para aqueles que tem diabetes recém-diagnosticados ou menos severa ou quem perdeu mais peso. Entre essas pessoas, 20% foram capazes de abandonar de tomar seus medicamentos de diabetes.

Lembre-se de sempre perguntar para seu médico antes de fazer qualquer alteração importante.

Você sofre com diabetes? Compartilhe conosco suas experiências e suas dificuldades.

Diabetes – Um assassino silencioso
5 (100%) 2 votos